É possível controlar as emoções?

Muitas pessoas acreditam que as emoções nos controlam.

Você já deve ter falado ou escutado coisas como: “foi mais forte do que eu!”, “agi daquela forma porque estava me sentindo de tal maneira”, “não deu para controlar”.

Acreditamos que somos resultado do que nos acontece externamente. Que as nossas emoções estão a mercê disso, mas isso não é verdade.

É possível sim gerenciar as emoções. Isso se torna mais fácil quando tomamos a consciência de que podemos controlar as emoções.

Isso não significa que estaremos sempre felizes, alegres, entusiasmados e nunca mais ficaremos tristes, chateados ou bravos. Mas podemos ficar em níveis emocionais elevados por muito mais tempo e, quando cairmos para emoções inferiores, nos recuperarmos de forma mais rápida.

Mas então como controlar as emoções?

Por meio dos pensamentos!

Hoje a neurociência e a física quântica têm comprovado que realmente conseguimos controlar nossas emoções pelos pensamentos. Eles afetam principalmente duas áreas cerebrais: a amígdala, que é aquele alarmezinho do medo, raiva, ou seja, aquelas emoções conflitantes, e também a área do córtex pré-frontal esquerdo, que é a área do planejamento, do foco e da clareza mental.

Cada pensamento é uma descarga elétrica que ativa ou desativa essas regiões cerebrais. Dependendo da qualidade do seu pensamento, ele pode ativar a região primitiva (a amígdala), gerando emoções conflitantes ou ativar a região da lucidez (córtex pré-frontal esquerdo), gerando emoções produtivas.

Somente pensar positivo não basta, afinal de nada adianta falar “vai dar certo”, sendo que lá no fundo existe aquela vozinha que diz “nunca vai dar certo”. Então é preciso lidar com os pensamentos improdutivos, pois quando tentamos apenas falar coisas positivas, podemos estar apenas mascarando nossos medos e inseguranças. Seria como estarmos sujos e jogarmos glitter por cima para dar uma disfarçada, mas a sujeira ainda está lá. O que quero dizer com isso é que é necessário fazer uma limpeza mental, ou seja, uma reprogramação mental.

Existe diversas maneiras para fazer isso, mas basicamente neste artigo queremos te dizer que sim podemos controlar nossas emoções. Não somos vítimas do que sentimos. Apenas não fomos ensinados a gerenciar os nossos pensamentos. Mas agora cabe a cada um de nós buscar ajuda e conhecimento para gerarmos as mudanças que queremos dentro de nós e sermos cada vez mais felizes verdadeiramente.

Marque sua Sessão Especial de Coaching com a gente!